Conheça as funcionalidades e como usar produtos de cabelo específicos:

Seja no dia a dia, acompanhando um cronograma capilar ou durante um tratamento, nosso contato com produtos de cabelos é frequente, no caso das mulheres, praticamente diário. No entanto as funções dos produtos para cabelos variam, assim como a forma e a frequência que devem ser usados.

Confira para que serve e como usar corretamente alguns dos produtos mais populares para uso no cabelo:

Shampoo

Shampoos:

O shampoo deve ser utilizado de acordo com seu tipo de cabelo e suas necessidades. No entanto, além dos shampoos “convencionais” utilizados no dia a dia, temos opções como:

* Shampoo anti-resíduos: É o shampoo que fará uma limpeza mais intensa no seu cabelo. Ele abre as cutículas e assim remove tanto a sujeira como os resíduos de produtos nos fios. No entanto, não deve ser utilizado com frequência.

* Shampoo a seco: É o produto ideal para situações de emergência ou para cabelos oleosos. É o produto para usar quando sua raiz já estiver oleosa e você não tem como lavar. O produto é um spray que deve ser utilizado apenas na raiz, e possui uma textura semelhante ao talco (que na falta do shampoo a seco, causa o mesmo efeito no cabelo). No entanto, o produto não substitui a lavagem, é apenas uma solução prática momentânea. O efeito dura cerca de um dia apenas e seu uso constante deve ser evitado para que o cabelo não resseque.

* Shampoo sem sulfato: O sulfato é um componente muito utilizado na indústria devido a seu baixo custo e por fazer muita espuma. É o shampoo ideal para uma limpeza mais suave, diminui os riscos de alergia e não desbota tanto os cabelos tingidos como os shampoos convencionais.

Máscaras de tratamento:

É a elas que recorremos ao cuidar do cabelo e ajudar a repor nutrientes que ele perde no dia a dia, seja com química, calor do secador ou prancha ou até mesmo na própria lavagem. Elas são divididas basicamente em 3 categorias: Hidratação, reconstrução e nutrição.

* Hidratação: É a responsável por reter a água nos fios, além de conter vitaminas que deixam o cabelo mais macio e com brilho. Para identificar uma máscara hidratante, basta ver seus componentes. Normalmente são as compostas por ceramidas, D-Pantenol, aloe vera e vitaminas.

* Nutrição: São as máscaras a base de óleos. São responsáveis por deixarem os cabelos mais sedosos, menos porosos e tem um efeito similar ao da umectação (que é basicamente nutrir os cabelos diretamente com os óleos naturais). Para identifica-las é fácil, são as máscaras a base de óleos, como o argan, karité ou oliva.

* Reconstrução: É a essencial para cabelos danificados, seja por efeitos do dia a dia ou química. Elas são responsáveis por repor a queratina no cabelo, portanto para identifica-las basta verificar se possui queratina logo no começo da fórmula.

Acidificantes: São similares aos condicionadores. Como o próprio nome já diz, ele possui um Ph mais ácido, já para regular o do próprio cabelo. Ideais para serem usados após uma química, por exemplo, para selar os fios. Devem ser aplicados no cabelo úmido, antes, depois ou junto com a máscara.

Finalizadores: São aqueles produtos utilizados no fim de todo o processo, como após a escova, por exemplo. Pode ser um óleo, reparador de pontas (que não precisa ser utilizado necessariamente com um finalizador, pode ser usado apenas para disfarçar as pontas duplas), um leave-in (que também não é regra ser utilizado por último), um spray de brilho, entre outros.

A forma como cada produto para cabelo é utilizada é importantíssima, afinal é assim que será garantido o resultado que o produto promete. É sempre importante também verificar quais são as necessidades do seu cabelo e o que utilizar para deixa-lo vívido e saudável.

Quer ficar por dentro das tendências e de todas novidades que acontece no mundo da Beleza e Moda ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *